JARDIM

DADOS

Localização

O município de Jardim está situado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no sudoeste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Bodoquena) e próximo à fronteira com o Paraguai (76 km). Localiza-se na latitude de 21º28??48? Sul e longitude de 56°08??16? Oeste. Distâncias:

234 km da capital estadual (Campo Grande)

1 260 km da capital federal (Brasília)

Dados

População 2012 - 24.619 Área da unidade territorial (Km²) - 2.201,514 Densidade demográfica (hab/Km²) - 11,06 Gentílico ?? jardinense

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,77 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000)

Padroeiro: Santo Antônio

LOCALIZAÇÃO


HISTÓRICO

O devassamento e a consequente criação de povoados que posteriormente se erigiram em próspero municípios se deve aos Lopes que nestas andanças chegaram até as campanhas paraguaias, indo um deles, Gabriel Lopes, fincar os esteios de uma fazenda de criação de gado bovino, às margens do Rio Apa, provavelmente no ano de 1846.

 

Os irmãos Gabriel e José Francisco Lopes eram profundos conhecedores da Região. Razão porque, durante a Campanha do Paraguai, José foi escolhido como guia das tropas comandadas pelo Cel. Camisão, na epopéia da Retirada da laguna. Prestou inestimáveis serviços à coluna, levando-a com segurança até 52 km. Antes de atingir Nioaque. Nesta região, onde hoje se eleva a próspera cidade de Jardim, faleceu de cólera morbo o cel. Camisão.

 

Em virtude de apresentar terras férteis e bons campos, deu-se o povoamento progressivo da região, sendo seus primeiros moradores Júlio Mariani, Euzébio Paz, Bernardino Machado da Silva, Círilo Braga, Newton Campbel, Nelson Tavares, Clóvis Lorentz Carvalho, Claudionor S. Chermont, Virgílio Cerzósimo e outros.

 

Em 27 de novembro de 1938, a Comissão de Estradas de Rodagem nº 3 (CER-3), instalou um departamento de Administração a 2 km. de Guia Lopes, nas cercanias do povoado de Jardim, sob a chefia do Major Alberto Rodrigues da Costa que procedeu ao levantamento e distribuição de 40 há. de terras adquiridas de Fábio Martins Barbosa, proprietário da fazenda Jardim.

 

A implantação da CER-3 muito contribuiu para um rápido crescimento da nova povoação.

 

Acredita-se que o topônimo Jardim foi adotado da fazenda, em cujas terras se edificou a cidade.

 

Gentílico: jardinense

 

Formação Administrativa

 

Distrito criado com a denominação de Jardim pela Lei Estadual nº 119, de 13-09­1948, no Município de Bela Vista.

 

No quadro fixado para vigorar no período de 1949/1953, o Distrito de Jardim figura no Município de Bela Vista.

 

Elevado a categoria de município com a denominação Jardim pela Lei Estadual nº 677, de 11-12-1953, desmembrado de Bela Vista. Sede no antigo Distrito de Jardim (ex­povoado). Constituído do Distrito Sede. Instalado em 31-01-1954.

 

No quadro para vigorar no período de 1954/1958, o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-XII-1960.

 

Pela Lei Estadual nº 2080, de 14-12-1963, é criado o Distrito de Boqueirão e incorporado ao Município de Jardim.

 

Em divisão territorial datada de I-I-1979, o município é constituído de 2 Distritos: Jardim e Boqueirão.

 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1199.

ECONOMIA

A economia na região está baseada na principalmente na atividade primária (pecuária e agricultura), apesar de o comércio ser a principal fonte de arrecadação de ICMS. O turismo também tem se destacado no setor econômico do município, desenvolvendo-se por suas potencialidades e localização estratégica.

Centro de zona B

Jardim, com quase 25 mil habitantes e 1 relacionamento direto, é um Centro de Zona B. Nível formado por cidades de menor porte e com atuação restrita à sua área imediata; exercem funções de gestão elementares. Jardim é uma das 364 cidades no Brasil com a classificação Centro de Zona B. A cidade exerce influência sobre a cidade de Guia Lopes da Laguna (Centro Local).

Jardim possui vários pontos de atração turística urbana e rural, e a concentração elevada de calcário no solo favorece o aparecimento de rios de acentuada limpidez, formando cachoeiras e grutas de elevado valor científico. Juntamente com Guia Lopes da Laguna, Bonito e Bodoquena, constituem o Complexo Turístico da Serra da Bodoquena, região de grande potencial turístico. 

PODER LEGISLATIVO

Glaucio Cabreira

-

DEM

Rose

-

DEM

Guilherme Monteiro

-

PSDB

Prof Serginho

-

PSDB

Zé Preto

-

PR

Renato Miranda

-

PMDB

Claudinha Barbosa

-

PMDB

Orlando

-

PT

Vavo

-

PT

Curipa

-

PT

Mario Oliveira

-

PDT

PODER EXECUTIVO

Eleições suplementares marcadas para o dia 7 de julho de 2013.

Endereço: Rua Cel. Juvêncio, 547, Centro Cep: 79240000 Telefone: (67) 3209 - 2500 / Fax: (67) 3209 - 2526

Data de Emancipação: 11/12/1953

TURISMO

Jardim possui vários pontos de atração turística urbana e rural, e a concentração elevada de calcário no solo favorece o aparecimento de rios de acentuada limpidez, formando cachoeiras e grutas de elevado valor científico. Juntamente com Guia Lopes da Laguna, Bonito e Bodoquena, constituem o Complexo Turístico da Serra da Bodoquena, região de grande potencial turístico. Abaixo a relação de todas as atividades turísticas urbanas e rurais:

Ecoturismo

O ecoturismo na região é uma forma de explorar a riqueza da natureza, sem deixar de preservá-la.

Áreas verdes abertas

Rio da Prata

Rio de elevada transparência e teor de calcário. Na época de inverno, a transparência pode chegar a 50 m. Nas margens do rio existe uma RPPN de 307 hectares, possibilitando a contemplação da fauna e flora típicas da região. Os balneários nesse rio são em sua maioria particulares, sendo um municipal.

Rio Miranda

Rio que faz a divisa de Jardim com Guia Lopes da Laguna, onde é possível também a prática de bóia-cross.

Lagoa Grande

Lagoa com 70 hectares de espelho d'água, propícia aos esportes náuticos e passeios ecológicos.

Recanto Ecológico Rio da Prata

Onde se localiza a nascente do Rio Olho D'água, que possui águas límpidas.

Santuário da Prata

Com infra-estrutura de eco-turismo, possui uma trilha de 2,5 km pela mata ciliar do Rio da Prata.

Grutas e depressões

Em decorrência da formação geológica da região, existem muitas grutas. Algumas ainda não foram abertas para a visitação, de acordo com a portaria do IBAMA de 2001, que regulamenta a visita nas grutas. [carece de fontes]Entre as já liberadas:

Buraco das Araras

Maior depressão de granito da América Latina, possui cerca de 100 m de profundidade e 500 m de circunferência. O seu nome se originou da enorme quantidade de araras que sobrevoam o local.[29]

Lagoa Misteriosa

Depressão ideal para mergulho, possui este nome por que no mês de fevereiro ouve-se sons estranhos emitidos nas proximidades da lagoa, que lembram turbinas de avião ou tambores indígenas. Situado às margens do Rio da Prata, possui 80 metros de profundidade por 40 metros de diâmetro e composto por dois fossos (um de 60 metros e o outro ainda não medido, mas relatos dizem que mergulhadores já desceram 220 metros e ainda assim não conseguiram avistar o fundo). Possuindo águas límpidas, é possível avistar a vegetação às margens da lagoa a 20 metros de profundidade.

Buraco das Abelhas

Primeira gruta alagada do Brasil, ideal para o espeleo-mergulho.[30]

Grutas da Figueira

Vizinha do Buraco das Abelhas, possui duas cavernas: Caverna do sapo e Caverna do Jucá

Gruta do Curé

Gruta que possui dezenas de espeleotemas.

Estrutura montada

Fazenda Pousada Jatobá

Possui completa infra-estrutura eco-turística. Organiza passeios em açudes e para contemplar a fauna e flora.

CALENDÁRIO

Eventos no mês de OUTUBRO
Sem eventos para o mês

TELEFONES ÚTEIS

(67) 3251 - 2326

Bombeiros

 

(67) 3251 - 2010

Companhia de Água e Esgoto

 

(67) 3251 - 1577

Companhia Energética

 

(67) 3251 - 1529

Conselho Tutelar

 

(67) 3251 - 2830

Correios

 

(67) 3251 - 2130

DER/DETRAN

 

(67) 3251 - 1131

Hospital de Pronto Socorro - HPS

 

(67) 3251 - 1075

Polícia/Delegacia

 

(67) 3251 - 3617

PROCON

 

(67) 3251 - 1327

Rodoviária

FOTOS

VÍDEO


© 2021 MUNICÍPIOS MS - Todos os direitos reservados
Cadastre-se em nossa Newsletter
Telefone: (67) 3027-4580 / 9644-4847